ONG de Araranguá promove a adoção de animais de rua neste sábado


Todos os dias, milhares de cães são abandonados em todo o Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem mais de 30 milhões de cães abandonados em abrigos e nas ruas distribuídos pelo país. A situação é preocupante, e os dados realçam a importância da conscientização sobre a adoção responsável de animais domésticos.
Além de diminuir o número de animais abandonados nas ruas e em abrigos, a adoção de pets faz o benfeitor salvar vidas. Pensando nisso, a Associação Amigos do Chico promove, pelo menos uma vez ao mês, um evento de adoção de animais resgatados pela organização, que acontece em parceria com o Center Shopping. São diversos cães e gatos que ganham uma segunda chance para encontrar um lar. A próxima feira acontece neste sábado (30), no Center Shopping Araranguá.
As feiras de adoção são uma parte muito importante do trabalho da organização, segundo a voluntária da associação Eduarda Maiochi. “Tem uma superpopulação de animais nas ruas e muitos abandonos durante todo o ano. Nós não conseguimos acolher todos os animais que chegam para a gente. Às vezes levamos para a feira de adoção e depois ele tem que retornar para a rua, pois não temos onde abrigar. Quando a pessoa adota ela tira um animal de rua para dar amor e carinho, e possibilita que a gente continue nosso trabalho”, declarou.
Por não ter um espaço físico, a associação prioriza o espaço que tem na feira para os cães e gatos resgatados pelas voluntárias e que estão em lares temporários. Mas, caso alguém de fora da ONG tenha algum animal resgatado que precise de um lar, o espaço também pode ser utilizado, entrando em contato diretamente com o Instagram da Amigos do Chico.
“Caso alguém tenha resgatado um cão, pode entrar em contato conosco. Ele é de responsabilidade da pessoa, tem que estar desverminado e sem pulgas, e, caso o cão não seja adotado, ele é devolvido para a pessoa. Por não termos espaços físicos, não temos como operar como um canil mas liberamos esse espaço nosso na feira para que o máximo de animais encontrem um lar”, explicou Eduarda.
(Trabalho de assessoria voluntária da disciplina de Fundamentos da Assessoria de Comunicação, do curso de Jornalismo do Centro Universitário SATC, sob supervisão da professora Nadia Couto).
Categoria:Exemplo de categoria