Servidores do SAMAE arrecadam tampinhas de plástico para ajudar instituições sociais


Há trabalhadores que executam suas atividades com competência e desenvoltura, no entanto existem aqueles que além de executarem as tarefas laborais também dedicam-se a ações voluntárias. Estes ajudam a proporcionar bem estar para as demais pessoas e entidades.
No Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE) várias colaboradores desenvolvem iniciativas paralelas, entre eles a servente Edna Fernandes Gomes. Há anos, ela arrecada tampinhas plásticas das embalagens de refrigerante, pastas de dente e materiais de limpeza, que são doadas a entidades como Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE); Fundação Ambiental do Município de Araranguá (FAMA), que repassa os donativos para campanhas de castração de cães e gatos e Associação de Pais e Amigos dos Autistas do Extremo Sul Catarinense (AMAESC). ‘Aqui no SAMAE esta prática já tornou-se rotina. Alguns cidadãos conhecidos e a maioria dos servidores contribuem doando as tampinhas, que são armazenadas e destinadas as entidades públicas. Como não é possível contribuir com todos ao mesmo tempo adotamos o sistema de rodízio, alternando os beneficiados’, explica.
Entusiasta do projeto, Edna revela que, quando os servidores do SAMAE promovem eventos, existe a consciência coletiva de que as tampinhas precisam ser separadas e encaminhadas ao destino correto. ‘No refeitório da autarquia há um galão plástico de cinco litros. É ali que armazenamos as tampinhas. Quanto maior for a colaboração, mais entidades estaremos ajudando. Estes órgãos comercializam o material recebido com empresas de reciclagem’, explica.
Segundo a servente do SAMAE, no momento há 20 garrafões repletos com tampinhas aptos para doação. ‘Cada entrega é uma vitória do senso humanitário e representa um ponto a favor da preservação do meio ambiente’, comemora.
Categoria:Exemplo de categoria