SC lança plano de vacinação contra Covid

O Governador Carlos Moisés da Silva (PSL) lançou dia 16 o plano estadual de vacinação contra o coronavírus e reforçou que o Estado estará alinhado às diretrizes do Ministério da Saúde. A divulgação do documento foi feita pouco depois de governador participar do evento de lançamento do plano nacional, ocorrido em Brasília.

O plano do governo estadual estima inicialmente a vacinação de 2,8 milhões de pessoas, pertencentes a quatro grupos prioritários definidos pelo governo federal (confira os grupos abaixo). O número equivale a 38,6% da população do Estado, hoje em 7,2 milhões de habitantes sem estipular datas para a vacinação e a previsão é de que a vacinação dos quatro grupos seja realizada ao longo de 2021.

Fases de vacinação

Segundo o cronograma do governo do Estado, a vacinação dos grupos prioritários será em quatro fases, assim como orienta o Ministério da Saúde.

- Primeiro devem ser vacinados os trabalhadores da saúde, a população idosa a partir dos 75 anos de idade, as pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas) e a população indígena. O grupo é formado por 426.678 de pessoas, estima o governo.

- Na segunda fase a previsão é de que serão vacinadas pessoas de 60 a 74 anos. A população estimada para essa fase é de 844.644 pessoas.

- No terceiro momento, a imunização será em pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença, entre os quais portadores de doenças renais crônicas e cardiovasculares. Este grupo soma 1.365.028 pessoas, na estimativa do governo.

O plano não detalha sobre a vacinação dos 4,4 milhões de catarinenses restantes.

Categoria:Exemplo de categoria