Festival online promove educação empreendedora entre estudantes do Ensino Médio em SC

Com o intuito de fomentar a visão e a prática empreendedora na rede estadual de ensino, a Secretaria de Estado da Educação (SED), em parceria com o Sebrae/SC, vai realizar o Festival Online da Educação Empreendedora: Juventudes que Aprendem a Empreender.

O evento acontece dia 30 de novembro e será uma oportunidade para os alunos e professores da 1ª série das escolas-piloto do Novo Ensino Médio (NEM) apresentarem os projetos desenvolvidos ao longo do ano no Componente Eletivo “Educação Empreendedora”, que passou a integrar o currículo dessas escolas.

As inscrições devem ser realizadas pelos orientadores dos estudantes, por meio de um formulário no Google disponível neste endereço, até a próxima sexta-feira, dia 20 de novembro de 2020.

O Festival da Educação Empreendedora será transmitido ao vivo das 9h às 12h no site disponibilizado para o evento, com apresentação da trajetória de aprendizagem dos comportamentos empreendedores e das ideias de negócio criadas, envolvendo estudantes e professores das escolas-piloto do NEM. Os trabalhos serão apresentados pelos alunos no site do Festival e permanecerão disponíveis após o evento.


Curso em parceria com o Sebrae/SC

Essa atividade está vinculada à parte flexível do currículo do NEM, que permite estabelecer interações e troca de experiências entre estudantes, professores e comunidade, a partir da exposição dos trabalhos desenvolvidos no Curso Despertar, projeto pedagógico realizado com 1500 alunos de 24 escolas do NEM, em parceria com o Sebrae/SC (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

Dessa forma, o evento dará visibilidade aos processos de aprendizagem e às conquistas dos estudantes concluintes dessa disciplina, visando ampliar e socializar o conhecimento do tema e o desenvolvimento de atitudes empreendedoras que impactam a vida pessoal e social dos estudantes em sua trajetória formativa.

O principal objetivo é despertar nos estudantes o protagonismo juvenil com a participação ativa nos processos de aprendizagem, além de promover uma visão sistêmica do Empreendedorismo como vetor de desenvolvimento pessoal, social e econômico sustentável.

De acordo com o diretor superintendente do Sebrae/SC, Carlos Henrique Ramos Fonseca, a inserção da educação empreendedora nas salas de aula é uma forma de estimular o estudante a pensar nos desafios de nossa sociedade e, a partir de então, estimulá-lo a traçar caminhos que possam enriquecer o cenário econômico por meio do empreendedorismo.  “O conhecimento sobre empreendedorismo, além do importante papel na formação do cidadão, é fundamental para ampliar a percepção do jovem sobre o mundo do trabalho. Esse conhecimento possibilita ao estudante informações básicas, a partir do domínio de algumas ferramentas, para o alcance de índices positivos caso venha a abrir uma empresa ou, se não se tornar um empresário, para que seja autor de sua própria história, com proatividade, entusiasmo, disciplina e planejamento”.


Componente curricular do Novo Ensino Médio

O Novo Ensino Médio tem como prioridade incentivar os jovens a desenvolverem o protagonismo, a autonomia e a responsabilidade, a partir da garantia de aprendizagens comuns a todos e da oferta de itinerários formativos. 

Na visão do secretário de Educação, Natalino Uggioni, mesmo em um ano letivo “atípico”, foram diversos projetos realizados por estudantes e professores do Ensino Médio ao longo de 2020. “Esperamos que o Festival seja um momento de inovação e inspiração para toda nossa rede estadual”.

Para a gerente de educação do Ensino Médio e Profissional, Maria Tereza Hermes Cobra, este evento apresenta uma oportunidade especial de compartilhamento de experiências, dos estudantes e professores, com o público em geral. “Enfatizamos que todos os projetos apresentados são laboratórios de experiências pedagógicas e não possuem nenhum caráter comercial”.


Categoria:Exemplo de categoria