Colegiado da Educação debate trabalho diante da pandemia

A situação das aulas nas unidades escolares municipais é motivo de reuniões constantes por parte do Colegiado de Educação da Amesc (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense). Os secretários se mantêm desde o início da pandemia em reuniões virtuais com troca de idéias, sugestões e compartilhamento de leituras diante das normativas vigentes. Temas como validação das horas e educação inclusiva estão entre os temas.

As reuniões são organizadas pela assessoria técnica da Amesc, a assessora em Políticas Públicas, Rosângela Paulino Alexandrino, com o Colegiado Regional de Educação. A presidente do Colegiado de Educação, secretária de Educação de Araranguá, Ariane Almeida, pontua que o funcionamento da educação inclusiva neste período de atividades pedagógicas não presenciais, foi um dos temas mais recentes. “Buscamos no debate um entendimento mais global para todos os municípios. Neste caso analisamos a forma de como proceder e atingir nossos alunos que possuem algum tipo de deficiência tratando educação especial como um todo”.

Ariane cita ainda a análise a respeito da validação referente aos registros tanto dos professores, diretores bem como da secretaria de Educação. “Precisamos manter os registros atualizados com planos de aula dos professores, acompanhamento do aluno e o trabalho de gestão. São registros de extrema importância. Porém ainda temos alguns pontos que ainda estão sem respostas definitivas como a data de retorno das aulas e se será mantida as 800 horas de aulas previstas na LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional). Tentamos unificar as definições o máximo que podemos. O estado possui um decreto que valida 100% as horas, mas a grande maioria dos municípios adotará 50% da carga horária do aluno”, diz Ariane.

A presidente do Colegiado cita o cuidado diante das atividades não presenciais em relação ao esgotamento familiar, pois já tem mudanças diárias nas famílias. “Pensamos nos responsáveis destes alunos que precisam auxiliar. Outro pronto é cuidar para que os materiais sejam objetivos e claros, com prioridade na qualidade e não na quantidade”.

Ariane lembra que os primeiros 15 dias foi adiantamento do recesso escolar e muitos municípios já adotaram férias antecipadas também.


Categoria:Exemplo de categoria