Desfile da Escola Unidos do Arroio e blocos reuniu multidão

O Balneário Arroio do Silva viveu entre sexta e domingo, um dos melhores finais de semana de toda a temporada de veraneio 2020. O município recebeu um grande fluxo de visitantes para o feriadão de carnaval. Apesar das condições do mar não estarem favoráveis, devido a maré alta, os turistas circularam pela cidade, movimentaram a economia  em todos os setores e  nas noites de sábado, 23 e domingo, 24, noite do desfile de rua e shows compareceram em massa.

 

Desfile memorável

O desfile da Escola de Samba Unidos do Arroio foi um verdadeiro show de samba, história, beleza e originalidade nas fantasias. A escola presidida por Kellen Cristina Honorato entrou na avenida com 600 integrantes, incluindo a bateria com 100 ritmistas, 12 alas e 2 carros alegóricos. Neste ano em que completou seu décimo carnaval , a Unidos homenageou  Balneário Arroio do Silva, com o samba “EU AMO MINHA CIDADE”, composição de Ulisses Ricardo e o enredo e as alegorias preparadas pelo carnavalesco James Périco, reuniu 600 integrantes, num desfile memorável. O prefeito Juscelino da Silva Guimarães, o Mineiro e outras autoridades e convidados assistiram o desfile no camarote.

 

Da Plataforma de Pesca à Semana Farroupilha

A Unidos do Arroio colocou 12 alas na avenida. Na Comissão de Frente  “Odaciabá”, grande mãe Iemanjá, lembrou da festa que acontece todos os anos na Praia da Meta, numa coreografia da mãe Jaciara de Oxum. O carro abre alas lembrou da Plataforma de Pesca, ponto turístico do município. As 12 alas mostraram personagens como os índios, primeiros habitantes, Portugueses, em homenagem à família Silva, que deu origem à cidade, a bateria se vestiu de marinheiro, homenageando Nossa Senhora dos Navegantes; Ala do sol, astro rei, motivo der alegria aos veranistas; Ala do mar, baianas, representando as riquezas do mar; Ala do pescador, homenageando aos homens e mulheres que contribuem com o desenvolvimento da cidade; Ala da purpurina, representando a igualdade e diversidade; Ala Amo Arroio, com crianças carregando corações; Ala símbolo da terra, homenageando pela emancipação em 1995; Ala do gaúcho, representando a Semana Farroupilha, sendo representados por peões e prendas pilchados e assando um “costelaço” em carro alegórico  e a ala Corrida de Caminhão, representada por um caminhão (cavalinho) que corre na tradicional Arrancada de Caminhões.O carro fecha alas desfilou com uma grande arara, representando a cidade mãe, Araranguá e Arroio do Silva. O grande público lotou as arquibancadas e todo o entorno da avenida Getúlio Vargas até a Praça Central. Logo após o desfile da Unidos do Arroio desfilou o único bloco do Balneário Arroio do Silva, o Sem Folia Eu Não Fico, com cerca de 80 componentes e fundado pelo casal Igor Morais e Andreia Oliveira . O bloco levou para a avenida o Bike-Cooler, para estimular a felicidade do público e deixando a mensagem "se dirigir, não beba".

 

O maior Trio Elétrico do Brasil agitou a avenida

Com 150 mil watts de som, o maior Trio Elétrico do Brasil, do Bento Sonorizações, causou um impacto positivo entre o grande público. No segundo andar do trio a Banda Scorpions executou músicas carnavalescas e populares, puxando o maior bloco do extremo-sul, o Bitorbicha, que distribuiu caipirinha para os presentes, como tradicionalmente faz em todos os carnavais. O desfile encerrou na esquina da Sorveteria Nevaska, onde a banda tocou até a 1:30 da madrugada. O Carnarroio teve continuidade no palco central, com a cantora Diennifer Caetano e Banda até às 3:00 da madrugada. Na noite desta segunda-feira, 24, o Carnarroio acontece na praça central, a partir das 22 horas com a Banda Scorpions  e na Praia da Caçamba, com trio elétrico e Banda Tok Musical. As festividades momescas no Arroio do Silva encerram na terça-feira, dia 25, com Carnaval Infantil, a partir das 15 horas na quadra central.

Categoria:Exemplo de categoria