Presidente da AEUS presta contas na Câmara de Vereadores

Na sessão da Câmara de Vereadores de Sombrio realizada dia 01/07 foi cedido espaço para Renilda Espindola – Presidente da AEUS (Associação de Estudantes Universitários de Sombrio), que fez uma breve prestação de contas, onde segundo ela, foi repassado pela prefeitura este semestre o montante de 48.000 em 4 parcelas de 12.000, beneficiando 183 acadêmicos. Cada um recebeu uma parcela na média de R$ 70 de ajuda de custo para o pagamento do transporte universitário.

Renilda apresentou Projeto em prol do Lar Do Idoso São José, com a ideia de sanar uma das infinitas dificuldades que o Lar vem enfrentando, “hoje o Lar abriga 22 idosos, sendo que 10 destes idosos utilizam fraldas descartáveis, num total de mais ou menos 960 fraldas por mês. Com um custo médio de 1.000,00 mês. Em campanhas emergenciais percebemos que muitas pessoas tem vontade de colaborar, mas não dispõem do tempo necessário para fazer a compra e levar até o asilo, daí surgiu a ideia do projeto. Fico muito feliz em informar que estamos lançando o projeto hoje já com 10 doadores à espera da assinatura do contrato contabilizando mais ou menos 300 fraldas”.

Ainda em sua fala Renilda Espindola falou da proposta de convênio para trazer a Casa da Cidadania para Sombrio, “para mim é praticamente um sonho este projeto, pois estamos a mais de 2 anos tentando trazer para Sombrio e agora está muito próximo de se tomar realidade. Como todos sabem nosso município não tem defensoria pública, as pessoas que precisam de acesso à justiça, mas não tem condições financeiras para pagar um advogado, tem este direito sonegado. A UNESC presta este atendimento jurídico gratuito em nível de consultoria, assessoria, conciliação, mediação e escritório modelo à comunidade de Criciúma, Cocal do Sul e região. O objetivo principal desta ação é possibilitar a conciliação e mediação, na tentativa de resolver conflitos pelo diálogo direto, buscando implementar o acesso à Justiça, evitando o processo judicial. O projeto é uma parceria entre o Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina, o curso de Direito da Unesc, as Prefeituras Municipais e os serviços são prestados por acadêmicos das duas últimas fases do curso de Direito da Unesc, acompanhados por professores/advogados do curso”.

De acordo com Renilda Espindola, além de ser de suma importância para a comunidade é também é de suma importância para os acadêmicos de direito, que para cumprir esta fase do estágio tem que se deslocar para criciúma em horário extra de aula, tendo um gasto de mais ou menos 200 a mais no transporte quando poderiam estra prestando este serviço em sua própria comunidade. “Já protocolamos junto a Unesc a proposta de parceria e recebemos a resposta positiva de nossa reitora Luciane Cerett, agora estamos no aguardo da resposta do Prefeito Municipal de Sombrio, já protocolamos a proposta de parceria na prefeitura e já nos reunimos com o prefeito e com a vice-prefeita e estamos somente no aguardo de sua resposta”.

Na sessão foi liberado espaço também para Tatiane Lourenço coordenadora do CIEE que falou do relatório de atividades sociais da instituição, para Marines Nunes Caetano que falou em relação ao Projeto de Lei 042/2019 que nomeia via pública com o nome de Maritza Nunes Gonzaga e para Maria José Nunes Domingos que falou do Projeto 043/2019 que denomina espaço público no bairro Raizeira com o nome Centro de Educação Infantil Antonia Santos Nunes.

Categoria:Exemplo de categoria