Vereadores de Sombrio criticam Celesc

No dia 24/06 foi realizada mais uma sessão da Câmara de Vereadores de Sombrio e o Vereador Juvenil Manoel Colares usou a tribuna para falar sobre o abandono da Celesc em algumas localidades, “tem poste no meu bairro caindo, eles vão lá colocam um escoro e deu”.

Vereador Vilmar Daminelli disse que esteve na Celesc e falou do mau atendimento do Diretor do órgão, “ele disse que eu não sabia das leis”. Falou também dos problemas para ligação de energia para casas em contrato.

Vereador Carlos Gomes convidou para inauguração da Unidade de Saúde do bairro Nova Brasília e também criticou os problemas com a Celesc. Falou da assinatura de 18 ordens de serviço de ruas no município, “são muitas ruas com pavimentação, capa asfáltica, são ruas que realmente precisam e foram mapeadas com a questão populacional”.

Vereador Marcello Areão falou do Projeto 037/2019 de combate aos maus tratos de animais e apresentou o projeto. Comentou sobre a chipagem de animais e que existem cidades que já estão colocando isso em prática.

Vereador Fabiano Pinho também falou dos problemas com a Celesc, “é um crime o que fazem com a população, agora começou essas restrições” Lembrou de casos em que a pessoa estava com a casa pronta e não podiam morar, pois faltava a ligação da energia. Convidou para a 1ª Passeata LGBT.

Vereador Edson Martins da Rosa agradeceu a Secretaria de Saúde por atender suas solicitações.

Vereador Paulo Humberto Borges falou sobre as empresas no município e sobre a importância da vinda do gás natural para o crescimento industrial. Comentou sobre a entrega de ordem de serviços para 18 ruas no município. Convidou para congresso técnico do 1º campeonato de futebol feminino.

Presidente Adenir Duarte comentou sobre empresa que veio até Sombrio para reunião e está em busca de um lugar para se instalar, “o Prefeito disse que cederia o terreno, porque primeiro tem que ter um lugar para se instalar, depois vem a burocracia”.

Categoria:Exemplo de categoria