Balneário Gaivota contra o mosquito Aedes Aegypti

Com o calor, a proliferação dos mosquitos aumenta devido todas as condições favoráveis para seu ciclo se completar mais rapidamente. Com isso a Secretaria de Saúde de Balneário Gaivota  através de orientações com informativos e pessoas que auxiliam para um melhor entendimento que deixar a água parada pode vir a trazer um grande problema para todos munícipes e turistas. Vem sido confeccionado várias armadilhas para serem colocadas nos locais que possivelmente o mosquito possa estar entrando, já que não consta nenhum registro de foco até o momento.

Segundo o Secretário José Luis Lentz, “é imprescindível que a população faça sua parte, pois a parte fundamental começa do seu próprio imóvel”. Entre as recomendações da Secretaria da Saúde que esteve na Av. Beira Mar na Tenda Cultural orientando os moradores e turistas estão: deixar qualquer recipiente, por menor que seja, pode acarretar em focos, e posteriormente em doenças que podem levar ao óbito.

O Secretário de Saúde José Luis Lentz salienta também, “faça sua parte, não deixe que o mosquito venha morar em nosso município. Verifique seu pátio pelo menos 1 vez por semana, utilize 10 minutos para fazer uma varredura total de seu estabelecimento ou imóvel, só assim, podemos  diminuir as chances do mosquito vir morar em nosso lar”.

O número de focos de Aedes aegypti aumentou em Santa Catarina segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC (Dive/SC). Entre 31 de dezembro e 20 de janeiro de 2018, foram registrados 1.101 focos do mosquito em 75 municípios catarinenses. O resultado representa um aumento de 75,3% em relação ao mesmo período em 2017, quando eram 628 focos em 70 cidades.

Ainda segundo o levantamento da Dive/SC, são 63 municípios considerados infestados, o que representa um incremento de 21% em relação ao mesmo período do ano anterior, que registrou 52 municípios nesta condição. A definição de infestação é realizada de acordo com a disseminação e manutenção dos focos.

 

Categoria:Exemplo de categoria

Deixe seu Comentário